Home

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Aprenda a usar maxicolar

Golas bufantes, babados, peças com cintura alta, jeans e camiseta, veja com o que você pode (ou não!) combinar o seu acessório maxi e arrasar nesta estação.

15/12/2011

Aprenda a usar maxicolar
©Thinkstock
Você adora usar acessórios, quer entrar na onda dos maxicolares, mas acha que pode errar a mão? Não se preocupe! Com algumas dicas básicas, o seu look vai ficar muito mais poderoso.

A consultora de moda Dione Occhipinti ensina que os maxicolares podem ser usados com jeans e camiseta até vestidos de festa sofisticados, tudo depende do material do colar. Para não pesar no visual, a primeira dica é: deixe o maxicolar ser o protagonista. Para isso, invista em brincos pequenos ou, na dúvida, vá sem brinco. Usar os cabelos presos também valoriza o acessório.

Golas bufantes ou com babados também devem ser deixadas para outra ocasião. "Seguindo a regra do equilíbrio: ao usar o maxicolar, procure não usar outras peças com muita informação como muito babado, extra brilhos, extravolumes etc", acrescenta Dione. Peças com cintura alta não podem ser combinadas com colares compridos, por exemplo. 

Dá até para alongar a silhueta! Invista nos maxicolares com formato em “V”, que ficam ótimos com golas do mesmo formato, tomara-que-caia, um ombro só e decote quadrado.

Já os com formato mais arredondado combinam mais com golas canoa e decotes que acompanhem o desenho do acessório. O tomara-que-caia e a gola “V” também podem funcionar, mas deve-se prestar atenção ao comprimento e à altura da peça. A personal shopper ainda aconselha a combinar com o formato do pescoço. "Se o pescoço é longo, use colares redondos ou justos. Se ele é curto, abuse dos que terminam em "V" e não são tão rentes", ensina.

Mas você não precisa ter medo de usar o maxicolar. Ouse! "Jogue no tom sobre tom, use uma roupa neutra com uma cor do maxicolar contrastando, ou combine o acessório com um detalhe da roupa. Se o colar tem inspiração mais tradicional ou elegante, pense que os outros motivos das roupas e acessórios devem contar a mesma história", ensina Dione.



Fonte:Tempo de Mulher