Home

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Paraiso Moda Bebê é homenageada no jantar anual do APL‏


A empresa foi uma das 27 reconhecidas pelas atividades que desenvolve, fortalecendo o segmento da confecção em Terra Roxa

A Paraiso Moda Bebê, indústria de Terra Roxa/ PR, foi uma das 27 homenageadas no jantar anual de celebração do Arranjo Produtivo Local (APL). O evento, organizado para comemorar o oitavo ano de fundação da entidade, e o título de Capital Estadual da Moda Bebê, concedido ao município, reuniu na última sexta-feira (21), no Maracajú Clube de Campo, mais de 450 pessoas entre associados, autoridades, parceiros e fornecedores.
Para a diretora da indústria e pioneira do segmento no município, Celma de Assis Rossato, o evento marca a celebração de mais um ano de união entre os empresários terra-roxenses. “Desde que nos organizamos, em 2004, o APL tem facilitado a administração e o desenvolvimento das empresas”, explana. “A entidade acompanhas nossas necessidades e busca junto a parceiros, cursos, capacitações e maneiras de atender a nossa demanda. No começo, tentávamos diminuir o problema das cópias, hoje, vamos muito além”, completa.
Segundo o coordenador do APL, Eugênio Rossato, o principal objetivo do evento foi promover a confraternização dos empresários e uma avaliação das atividades do arranjo. “O grande número de pessoas presentes no encontro, destaca hoje, a representatividade e a importância desta união, que vem fazendo a diferença na atuação das empresas. Agradeço a todos que compareceram. Quero ressaltar que é graças a esta parceria que conseguimos ser reconhecidos como a capital estadual da moda bebê”, discorre.
Convidado Especial
O ex-jogador da seleção brasileira de vôlei, Maurício Camargo Lima, foi um dos convidados do evento. Ele veio a pedido do Banco do Brasil, um dos grandes parceiros da entidade. Durante sua explanação, o atleta destacou a importância da união dos empresários. “Eu estava pensando numa maneira de comparar o esporte com vocês. O que posso dizer é que a base sólida no vôlei, é a equipe, a união, e isso percebo que vocês têm aqui. A base do APL é sólida, espero que vocês continuem assim, com perseverança para alcançar, como no esporte, a vitória”, discorre.  
Dados do APL
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Sebrae, foi constatado que as empresas de Terra Roxa produziram em torno de 9 milhões de peças. Um trabalho que envolve 2.484 pessoas empregadas diretamente, dinamizando a geração de emprego e renda do município.
Somente em negociações com fornecedores, o APL Moda Bebê movimentou mais de R$ 10 milhões em 2011, cerca de 60% em malhas, moletom e plush; 25% em tecidos planos; 11% em aviamentos e embalagens; e o restante dividido em outros tipos de tecidos e materiais para confecção.

Competitividade e mercado
As microempresas e empresas de pequeno porte são a maioria das associadas ao APL Moda Bebê; 35% estão constituídas como microempresas, que têm até R$ 360 mil de faturamento bruto anual; 24% são empreendedores individuais, com faturamento de até R$ 60 mil ao ano; outros 24% são empresas de pequeno porte, que faturam acima de R$ 360 mil até R$ 3,6 milhões ao ano. Acima desse faturamento, estão as médias e grandes empresas que representam 6% dos associados ao APL Moda Bebê.
Na foto, da esquerda para direita, Rogério Miike (Marketing), Eugênio Rossato (Diretoria), o convidado especial, Maurício Camargo Lima (atleta/ embaixador do esporte),Celma de Assis Rossato (Diretoria) e Rafael Carvalho (Comercial).